Sem aperto, na hora do aperto!

Achar uma vaga para estacionar o carro hoje em dia está um dilema. Quando se acha uma, normalmente é tão estreita que só cabe o carro, sem deixar espaço para a gente abrir a porta para descer. Isso acontece, muitas vezes, por causa de algum motorista folgado que para fora da faixa dele, sem se preocupar com o próximo. E, com o aumento do número de carros em circulação a cada dia que passa, a situação está cada vez mais caótica.

Além disso, nos últimos 40 anos, os carros aumentaram de tamanho em 25%, enquanto que o espaço nas garagens e áreas de estacionamento se manteve, praticamente, o mesmo. Foi pensando nisso que a Ford Europa desenvolveu um sistema remoto de estacionamento em vagas perpendiculares muito estreitas, como acontece atualmente em inúmeras garagens de prédios residenciais, escritórios e shoppings, além de áreas públicas.

O sistema se baseia em duas tecnologias: a do estacionamento automático, já disponível em vários carros atuais, e o de estacionamento totalmente automático, equipamento de próxima geração, que controla a direção e o engate de marchas para frente e ré, por meio de um botão. Sensores de radar são usados para monitorar a distância em relação aos outros veículos estacionados e obstáculos.

Tudo é feito por meio de um controle tipo chaveiro, onde o motorista pode ligar o motor e engatar as marchas do lado de fora, enquanto acompanha a direção ser manobrada automaticamente.

Um “ovo de Colombo” que pode ajudar a otimizar o espaço em estacionamentos e áreas urbanas. Com ele, é possível parar o carro em vagas apertadas, onde não seria possível abrir a porta para o motorista sair. Tomara que chegue logo por aqui!

Veja, abaixo, como funciona:

Vídeo e fotos: divulgação Ford

Deixe seu comentário: