SALÃO DE FRANKFURT – A volta da Giulia

É mais fácil ver uma Ferrari nas ruas do Brasil do que avistar um Alfa Romeo. E olha que a marca já foi forte por aqui. Fato é que a Alfa sumiu em quase todos os mercados. Hoje em dia, o clássico nome vive apenas em um cupê e dois hatches (4C, Giulietta e MiTo). Mas, o novo Giulia pode ser a guinada que a Alfa precisava.

Para começo de conversa, o Giulia é um sedã com tração traseira por natureza (a tração nas quatro rodas é opcional). E por isso um rival direto de BMW Série 3 e Mercedes-Benz Classe C. De acordo com a marca, a distribuição de peso é precisamente 50/50. Um equilíbrio invejável que mostra as intenções verdadeiramente esportivas.

150624_Alfa_Romeo_Giulia_1B (1)

Mais do que isso: o Giulia será oferecido em diversas versões. Porém, para resgatar o famoso lema da Alfa, o “Cuore Sportivo” (ou coração esportivo) – aquele carro feito para rodar com a família, mas que o papai pode se aventurar no fim de semana, em um track day – as encomendas começaram apenas com a mais invocada de todas, a Quadrifoglio. E ela é invocada mesmo. O motor V6 turbo, tem apenas três litros de deslocamento, mas gera 510 cavalos. 510! É potência igual à de muito V8. Com ele, o Giulia acelera de 0 a 100 km/h em 3,9 segundos. Porém, a Alfa Romeo divulgou outro número para dar água na boca em muita gente: 7 minutos e 39 segundos. Foi tempo que o carro levou para dar uma volta no famoso circuito de Nürburgring, na Alemanha, que hoje é a grande referência para indicar se um carro é rápido ou não. Ou seja, foi mais veloz naquele circuito que o Porsche 911, BMW M4 e Lamborghini Murcielago!

Os italianos e outros europeus já podem reservar um. Lá, ele custa 95 mil Euros. Mas, as versões mais “família”, com motor 2.0 turbo de 180 a 250 cavalos que a marca ainda irá mostrar, partirão de 79 mil Euros. O carro ainda será vendido nos Estados Unidos e deve chegar, também, ao Brasil. Inclusive, deve ser um dos primeiros carros da marca a ser vendido por aqui em muitos anos. Isso se não for o primeiro.

 

Fotos: Divulgação Alfa Romeo

Deixe seu comentário: