Pisca alerta, só parado!

O uso do pisca alerta virou um “samba do crioulo doido”!

Volta e meia, a gente vê um carro andando, com ele ligado,  na chuva, dentro de túneis ou mesmo em dia de sol, só para “avisar” que está devagar… Quem faz isso, acha que está ajudando na segurança. Mas, na realidade, está banalizando um sinal muito importante e pode até provocar um acidente, por confundir os outros motoristas.

É que o Código de Trânsito Brasileiro determina o uso do pisca alerta somente se o veículo estiver imobilizado (impedido de seguir), junto com o triângulo de segurança; ou antes de uma parada iminente do tráfego à frente, quando a luz intermitente faz a advertência a outros motoristas sobre a interrupção do fluxo; ou, ainda, em locais com sinalização específica, como portas de farmácias. Portanto, nada de ligá-lo quando está chovendo, na neblina ou dentro de túneis. Para isso, bastam as luzes normais do seu carro.

Além de perigoso, o mau uso do pisca alerta pode pesar no seu bolso, pois é infração prevista no Código Brasileiro de Trânsito.

Ah, e não use também a desculpa de que é Natal! Nesta época do ano, pisca-pisca só na árvore do Papai Noel.

 

Vídeo: Carros com Camanzi

Deixe seu comentário: