New Fiesta 1.0 EcoBoost, na era do turbo

NewFiestaEcoBoost2017-3b

Com o lançamento do novo New Fiesta 1.0 EcoBoost, agora foi a vez da Ford entrar na onda dos motores de um litro de cilindrada com três cilindros e turbocompressor. E não chega com timidez. O motor 1.0 EcoBoost, que equipa a nova versão, tem em seu currículo o título de Motor Internacional do Ano por três vezes consecutivas e por cinco vezes na categoria de motores 1.0. E, para arrematar, agora é o mais potente do mercado brasileiro nessa categoria, além de estar também entre os mais econômicos. É o mesmo motor que equipa o New Fiesta e o Focus nos Estados Unidos.

Mas, nem tudo são rosas. Primeiro, o novo motor só estará disponível na versão Titanium do New Fiesta 2017, agora a topo de linha, por salgados R$ 71.990. Outra, é que o motor é importado da Romênia e só funciona com gasolina. A versão flex deverá vir mais tarde.

NewFiestaEcoBoost2017-2b
NewFiestaEcoBoost2017-1b

Segundo a Ford, o novo modelo é uma aposta da fábrica no segmento dos chamados compactos premium, onde estão os veículos mais sofisticados e com maior número de equipamentos de segurança. Para tanto, o New Fiesta 1.0 EcoBoost Titanium traz 7 airbags; sistema de partida sem chave, com sensor de presença; revestimento dos bancos em couro; rodas em liga leve de 16 polegadas; controles eletrônicos de tração e estabilidade; auxiliar de partida em rampa; faróis de neblina; direção elétrica; sensor de chuva; acendimento automático dos faróis, espelho retrovisor interno eletrocrômico; acendimento automático dos faróis; ar-condicionado digital; computador de bordo e sistema de conectividade SYNC Applink, com comandos de voz e assistência de emergência.

 

MOTOR

O novo motor 1.0 com turbocompressor, um moderno representante do conceito downsizing (baixa cilindrada e alta eficiência), entrega 125 cavalos de potência e um torque de 17,3 kgfm. Com injeção direta de combustível, duplo comando variável de válvulas, bomba de óleo com vazão variável, coletor integrado ao cabeçote, sistema duplo de aquecimento e arrefecimento, e sistema de resfriamento dos pistões por jato de óleo, é um dos mais modernos do mercado.

Ford EcoBoost

Além de permitir uma boa dose de diversão ao volante, já que entrega 90% do torque a apenas 1.500 rpm, permitindo um 0 a 100 km/h em 9,6 segundos, também sabe ser econômico. Recebeu a nota A do Inmetro em eficiência, com médias de 12,2 km/l na cidade e de 15,3 km/l na estrada.

O New Fiesta 1.0 EcoBoost só está disponível com transmissão automatizada sequencial de dupla embreagem, que a Ford chamava de Powershift. O nome foi abandonado por causa dos problemas que a caixa apresentava, tanto no New Fiesta como no EcoSport e Focus. Para o lançamento do novo modelo, foi criado um plano especial de financiamento com taxa zero, em 18 meses. O plano oferece, ainda, a opção de incluir o valor das revisões no financiamento e ampliar a garantia de fábrica de três para quatro ou cinco anos. Para a linha 2017, além de não existir mais a versão S, com motor 1.5, as outras receberam apenas modificações de conteúdo. O 1.0 EcoBoost estará disponível a partir da segunda quinzena de julho.

 

Preços da linha 2017:

New Fiesta SE 1.6 (manual)                                              R$ 51.990

New Fiesta SEL 1.6 (manual)                                            R$ 58.790

New Fiesta SEL 1.6 SEL (automatizado)                         R$ 64.990

New Fiesta Titanium 1.6 (automatizado)                       R$ 70.690

New Fiesta Titanium 1.0 EcoBoost (automatizado)     R$ 71.990

 

Fotos: divulgação Ford

3 comentários em “New Fiesta 1.0 EcoBoost, na era do turbo

Deixe seu comentário: