Brabus 850 6.0, mais rápido que o vento!

Brabus 850 6.0

Que tal andar em um carro conversível, com mais 3 acompanhantes, como se fosse um Fórmula 1, a 350 km/h? Impossível? Você que pensa. O Brabus 850 6.0 Biturbo Cabrio é capaz disso. Afinal, seu motor V6 com dois turbo-compressores tem nada menos que 850 HP (ou 838 cavalos) de potência e um torque de 147,9 kgfm. Algo que muito caminhão pesado gostaria de ter.

Como você pode ver, não é à toa que ele é considerado o carro conversível, de quatro lugares, mais rápido e potente do mundo. Essa obra de arte sobre rodas foi baseada no Mercedes-Benz S 63 4Matic – que já é uma fera – e foi customizado pela Brabus, a famosa preparadora de carros da marca da estrela de três pontas. E, além dessa potência toda e torque, esse conversível com tração nas quatro rodas não impressiona pelo desempenho. Ele também consegue ter uma aparência explicitamente esportiva, sem deixar de ser elegante.

O motor de 8 cilindros em V é construído na fábrica de motores da Brabus, em Bottrop, Alemanha. Baseado no motor original da Mercedes S 63, ele tem a cilindrada aumentada de 5.461 cm3 para 5.921 cm3. Esse aumento é conseguido por meio da substituição do virabrequim original por um forjado de curso mais longo, desenvolvido pela Brabus, além do aumento do diâmetro dos cilindros. A metamorfose continua com a instalação de dois turbo-compressores especiais da Brabus, coletores de admissão redesenhados em fibra de carbono e caixas dos filtros de ar mais volumosas. Os coletores de exaustão também são especiais e se ligam a um escapamento com tubos de 75 milímetros de diâmetro, além de catalisadores especiais. Por falar no sistema de escapamento, ele é todo feito em aço inoxidável e possui duas borboletas (uma para cada bancada de 4 cilindros) comandadas eletronicamente desde o cockpit, para otimizar a entrega de potência e, claro, o som do motor. Segundo a preparadora, quando o sistema está no modo “padrão”, o som emitido pelo escapamento é mais comportado do que o original. Mas, quando as duas válvulas estão abertas, o “vê oitão” urra como um super esportivo.

b16aa0372
b16aa0373
b16aa0392
b16aa0390

O interessante é que a potência máxima chega a baixos 5.400 rotações por minuto e o torque máximo de 2.500 a 4.500 rpm, o que permite ao carrão andar em ritmo de paquera, sem problemas. Porém, segundo a fábrica, “no interesse de assegurar a longevidade de todo o conjunto moto-propulsor, o pico de torque é limitado eletronicamente a 117,3 kgfm”. Dessa maneira, a Brabus oferece uma garantia de 3 anos ou 100 mil quilômetros. Mas, se você quiser, pode liberar tudo, por sua conta e risco…

O câmbio é automático de sete velocidades, com possibilidade de trocas sequenciais por meio de aletas atrás do volante. A transmissão é nas quatro rodas pelo sistema 4Matic original da Mercedes.

O resultado disso tudo é um desempenho de arrepiar (ou arrancar?) os cabelos: 0 a 100 km/h em 3,5 segundos, 0 a 200 km/h em 9,4 segundos e velocidade máxima com corte eletrônico em 350 km/h, por conta da limitação de velocidade dos pneus! Ah, acredite, é até econômico: pode fazer 7,0 km/l na cidade e até 12,5 km/l na estrada.

Por causa desse alto desempenho, toda a parte aerodinâmica foi revista pela Brabus em túnel de vento, que desenvolveu várias partes em fibra de carbono, como o para-choque dianteiro com grandes entradas de ar e spoiler avançado para garantir uma melhor dirigibilidade em altas velocidades. Na traseira, o conversível também recebe um spoiler na tampa do porta-malas e um novo para-choque, com saídas de ar laterais e extrator de ar central, que envolve as duas saídas duplas de escapamento.

b16aa0376
b16aa0379
b16aa0378
b16aa0393
b16aa0386

A versão “de fábrica”, vem equipada com rodas forjadas em liga leve, de aro 21 polegadas, com 9 polegadas de largura na frente e 10,5 atrás, calçadas com pneus de perfil ultrabaixo nas medidas 255/35 ZR21 dianteiros e 295/30 ZR21 traseiros. Opcionalmente, pode vir com rodas dianteiras 9jx22, com pneus 235/30 ZR22, e traseiras 10jx22, com pneus 295/25 ZR22. Para utilizar esses pneus, a altura original do carro é rebaixada em 15 milímetros.

Logicamente, o interior também é customizado e pode ser personalizado pelo cliente com pedaleiras especiais, soleiras iluminadas, além de componentes internos em fibra de carbono, que substituem os apliques originais de madeira, e até com pinos de travamento das portas com o logotipo Brabus. Um dos destaques é o velocímetro Brabus com marcação de até 400 km/h. O tipo de revestimento em couro legítimo fica por conta do cliente, que pode escolher entre vários desenhos e combinação de cores.

b16aa0375
b16aa0377
b16aa0394
b16aa0396
b16aa0395

O Brabus 850 6.0 é vendido como carro completo ou transformado a partir de qualquer Mercedes S 63 atual. Quanto custa? Bom, aí você vai ter que entrar no site deles (www.brabus.com), pegar o número de telefone, ligar e combinar com eles…

 

Fotos: divulgação Brabus

2 comentários em “Brabus 850 6.0, mais rápido que o vento!

Deixe seu comentário: