Kia Sportage em nova geração

10915_2017_Sportage_SX_Turbo_AWD (1800 x 1200)

Finalmente, o novo Kia Sportage 2017, que está em sua quarta geração, acaba de chegar ao Brasil e está à venda a partir desta semana. Carro chefe da Kia em vendas em nosso mercado, a importadora espera repetir a dose com o novo modelo. A intenção é vender em torno de 400 unidades ao mês.

Completamente renovado, tem nas novas linhas ousadas, um de seus destaques. Apesar de ainda se enquadrar na categoria de SUV compacto, ele cresceu 40 milímetros no comprimento (4,48 m), 30 mm na altura (1,655 m), 30 mm na distância entre-eixos (2,67 m) e manteve a largura de 1,855 m. O resultado disso é que aumentou o espaço interno para os ocupantes e o porta-malas subiu de 740 para 868 litros de capacidade. Além disso, as novas linhas permitiram um coeficiente de penetração aerodinâmica de 0,33 ante os 0,35 do modelo anterior.

Disponível em duas versões, LX e EX, o Kia Sportage exibe um novo conjunto ótico com luzes diurnas em LED. Na versão mais cara, os faróis de neblina são compostos por quatro lâmpadas em LED. Na traseira, o Sportage 2017 ganhou lanternas mais sofisticadas e um aerofólio com defletor lateral que reduz a resistência ao ar, melhorando o consumo de combustível.  Na versão de entrada, as rodas são em liga leve de 17 polegadas e de 19 na topo de linha.

11274_2017_Sportage_EX (1683 x 1122)
kia_sportage9 (1564 x 1043)
10921_2017_Sportage_SX_Turbo_AWD (1800 x 1200)
2017 Sportage EX
kia_sportage_painel (1795 x 966)
10927_2017_Sportage_SX_Turbo_AWD (1800 x 1200)
10926_2017_Sportage_SX_Turbo_AWD (1800 x 1200)
kia_sportage_motor1 (1564 x 1043)

O interior também foi completamente renovado, começando com um novo painel e console que privilegia o motorista. Além do maior espaço para os ocupantes, agora o banco do motorista tem 10 posições de regulagem, 8 para o passageiro que vai ao lado e também 8 posições para o banco traseiro. A versão LX traz como itens de série, direção com assistência elétrica; ar-condicionado manual; controle automático de velocidade; trio elétrico; câmera de ré; console central com descansa braço; e rádio com Bluetooth e controles no volante. Na versão EX o ar-condicionado é digital de duas zonas; o banco do motorista tem regulagens elétricas; a partida é por meio de botão com reconhecimento de chave; tem computador de bordo; aletas atrás do volante para trocas sequenciais; revestimento dos bancos, painéis das portas, volante e alavanca de câmbio em couro; e teto solar elétrico duplo.

No quesito segurança, o Sportage EX, além dos obrigatórios airbags frontais e sistema ABS, traz ainda freios a disco ventilados na dianteira e sólidos na traseira, encosto de cabeça dianteiros ativos e sensores de aproximação na traseira. A EX é complementada com airbags laterais e de cortina, assistência de partida em subidas, assistente de tráfego, detector de pontos cegos, controle de frenagem em descida, e controles eletrônicos de tração e estabilidade.

Na mecânica, ambos vêm com motor 2.0 litros flex com dois comandos de válvulas variáveis, entregando 156 cavalos de potência e 18,8 kgfm de torque com gasolina e 167 cv e 20,2 kgfm com etanol. O câmbio é automático com seis marchas e também permite trocas manuais sequenciais. A tração é só nas rodas dianteiras.

O LX tem preço sugerido de R$ 109.990 e o EX de R$ 134.990. A garantia é de 5 anos ou 100 mil quilômetros.

 

Kia Sportage 2017 – Ficha técnica

Kia Sportage 2017 – Equipamentos de série

 

Fotos: divulgação Kia

 

 

7 comentários em “Kia Sportage em nova geração

  1. Emílio Camanzi que bom há tempos venho acompanhando esse novo espaço. Quando o trabalho é bom a gente procura sempre por qualidade, síntese e informação. Gostaria de saber o que prefere i Kicks completo…. ou um Ford Fusion 2014 (2.5) = a que testou no vrum há 2 anos atrás ?

    1. Caro Felipe
      obrigado pelo prestigio. Bom, quanto à tua pergunta é um tanto complicada… É que além de serem dois carros completamente diferentes (o Fusion é um sedã médio-grande e o Kicks um SUV compacto) o Kicks ainda não foi apresentado oficialmente à imprensa, o que me impede de fazer uma análise mais profunda. Apenas o ví em fotos. Somente depois que for lançado poderei ter uma análise mais completa.
      Um grande abraço
      Emilio

  2. Realmente lembra um Porsche. O preço tem que cair. Gostei também dessa nova versão. De qualquer forma, pelo menos para mim, a versão foi tão bem desenhada que nem parece um carro de 5 anos de mercado. Parabéns para o grupo Hyundai-Kia

Deixe seu comentário: