A mesma receita

Honda Accord 2016

Ele já roda nos Estados Unidos desde agosto, mas só vai chegar às concessionárias, aqui no Brasil, no mês que vem. É o novo Honda Accord, feito na América do Norte, que, como a maioria dos carros modelo 2016, ganhou aquela plástica de “tempos de crise”. Isto é, uma ajeitada aqui, outra acolá para deixar a aparência mais esportiva, um pouco mais de tecnologia, de conectividade, muita criatividade com pouco investimento e o logotipo de “novo”.

No caso do Honda, essa repaginada ficou bem legal. A frente foi a que ganhou as maiores atenções. Começa pelo capô e para-choque com vincos mais acentuados, que se integram à também nova grade cromada. Os faróis inéditos são inspirados nos faróis do Acura NXS e, agora, tem luzes de neblina exclusivamente em LED.

Como não poderia deixar de ser, as rodas em liga leve de aro 18 polegadas, tem um novo desenho, enquanto que, na traseira, as lanternas ganharam iluminação em LED, o para-choque é novo e a tampa do porta-malas recebeu um aerofólio que completa o jeitão mais descolado do sedã grande.

Esse espírito mais descontraído continua no interior, que ganhou pedaleiras esportivas em alumínio, com iluminação, além do revestimento todo em preto. Para não desagradar os mais conservadores, alguns detalhes têm aspecto de madeira. Novo também é o acabamento do painel de instrumentos, bem como o revestimento dos bancos, parcialmente em couro.

2D8A1970blr (1258 x 912)

No quesito mordomias, o novo Accord agora vem com sistema de partida à distância, acionado pela chave. Esse dispositivo aumenta o conforto dos ocupantes, pois o ar-condicionado também é acionado ao ser ligado o motor, permitindo que a cabine seja climatizada antecipadamente, aquecendo ou resfriando o ambiente interno até atingir 22o centígrados. Agora, tanto o volante, com ajuste de altura e profundidade, quanto os bancos, têm as regulagens elétricas. Nas manobras, além da câmera de ré e sensores de estacionamento, o motorista conta com uma segunda câmera, colocada abaixo do retrovisor externo, para monitorar o chamado ponto cego do lado direito. Sensor de chuva, acendimento automático dos faróis e teto solar completam os mimos do Accord.

Na área de conectividade tem a nova central multimídia com tela de 7 polegadas, com GPS integrado, com informações de trânsito em tempo real, inicialmente, nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte e Curitiba. O sistema, também, possibilita conexão WiFi com o uso de browser para acesso à internet, mas só quando o veículo não estiver em movimento. Além disso, tem bluetooth para conexões com celular, é compatível com Apple CarPlay e Android Auto, além de permitir acesso a smarthphones por meio de espelhamento da tela.

A mecânica não traz novidades. O Accord 2016 vem com o já conhecido motor i-VTEC 3.5 V6 com 24 válvulas, que entrega bons 280 cavalos e 34,6 kgfm de torque. Está acoplado a um câmbio automático de seis marchas, que agora tem a possibilidade de trocas manuais sequenciais por meio de aletas atrás do volante. O mais interessante desse conjunto mecânico é o sistema que a Honda chama de VCM, ou Administração de Cilindro Variável, que permite desativar até três cilindros do motor conforme a necessidade, para melhorar o consumo de combustível. Para não dizer que passou em brancas nuvens, ganhou novos amortecedores e a direção elétrica foi reprogramada para transmitir mais leveza e precisão ao motorista.

O novo Accord só será vendido na versão EX com três anos de garantia, sem limite de quilometragem. O preço? Bem, só será divulgado também em janeiro e, com essa loucura que está o dólar, não espere preços de “pai para filho”!

2D8A1059caiocc (1296 x 720)

Fotos: divulgação Honda

Deixe seu comentário: