DICA SEGURA – Só no plano

Tem coisa mais chata do que trocar um pneu furado? Difícil dizer. Só que tem hora que não tem jeito. É arregaçar as mangas e por mãos à obra. Só não faça isso em uma descida ou subida. É melhor seguir com ele vazio até onde for plano ou menos inclinado, mesmo que o pneu venha a ser danificado. Isso porque existe o grande risco de o carro escorregar, cair e estragar alguma coisa por baixo e, o que é pior, pode ser em cima de você.

Pare sempre fora da pista em local seguro, puxe o freio de mão, engrene a primeira ou coloque em “P” se o câmbio for automático. Aí sinalize: ligue o pisca-alerta e coloque o triângulo uns 30 passos atrás do veículo. Se houver uma pequena inclinação, calce o pneu do outro lado e perto do motor. Se você sentir que não está firme, corrija o que for necessário. Só depois disso comece a operação de troca.

Antes de levantar o carro no macaco, desaperte os parafusos com a roda no chão e nunca deixe a cabeça, braços ou pernas sob o carro. Para terminar, coloque o reserva, aperte levemente os parafusos e desça o carro. O aperto final tem que ser com o carro no chão. Feito isso, passe num borracheiro ou loja de pneus para conferir o aperto e consertar o pneu furado.

Ah, e não se esqueça de recolher o triângulo…

 

Um comentário em “DICA SEGURA – Só no plano

  1. Realmente é algo muito chato, principalmente com o carro carregado em viagens… O problema se agrava em modelos como 206 e palio weekend que você tem um trabalho enorme para colocar o outro pneu no lugar do estepe…

    E agora uma pergunta, você já testou aqueles kits de emergência para pneus? Eles cumprem o que prometem?

Deixe seu comentário: