SALÃO DE FRANKFURT – Ford EcoSport, será que muda?

Desde quando surgiu, em 2003, o Ford EcoSport, além de lançar a moda dos SUV compactos, também começou com a onda do estepe pendurado na traseira, como um jipe. Sucesso imitado por muitos. Mas cansou. E o que é pior, virou alvo da ação dos amigos do alheio pela vulnerabilidade que oferece. Não tem tranca que segure os bandidos.

Na segunda geração, projeto global, esperava-se que o estepe dependurado na traseira fosse abolido. Mas a Ford insistiu e lançou o novo EcoSport com o agregado exposto do lado de fora, até na Europa. Só que lá não agradou e em março deste ano, já no salão de Genebra, na Suíça, surgiu um EcoSport sem estepe na traseira.

E não é que a Ford anuncia que o EcoSport sem o estepe dependurado lá atrás, será, também, uma das atrações no Salão de Frankfurt? Uma nova tampa traseira, com a placa no lugar do estepe – que vai para debaixo do assoalho (pelo menos um pouco mais difícil de ser levado) – e algumas alterações no para-choque, são os diferenciais.

Resta saber quando a Ford vai se curvar ao fato de que o EcoSport, líder do segmento durante anos, agora perdeu o reinado, sofrendo com a dura concorrência do Honda HR-V, Renault Duster e do Jeep Renegade, todos sem o estepe dependurado, mostrando a nova tendência. São modificações relativamente simples e que poderiam ajudar o jipinho da Ford nessa guerra dos SUV compactos. E o que seria melhor, além de deixa-lo mais bonito, ajudaria também a preservar o capô dos carros estacionados atrás, normalmente vítimas do estepe protuberante. Se mudou lá, por que não mudar aqui?

Uma novidade que nos interessa e estará por lá, é o novo Ford Edge que deve chegar ao nosso mercado no meio do ano que vem. Entre várias novas tecnologias, o destaque é para a tração inteligente nas quatro rodas da Ford. O sistema avalia as condições de aderência das rodas a cada 16 milissegundos e faz uma transição suave entre a tração dianteira e a integral, garantindo maior segurança, especialmente em pisos escorregadios.

Ford2015_IAA_Edge_013

Ford Edge

 

Fotos: Divulgação Ford

2 comentários em “SALÃO DE FRANKFURT – Ford EcoSport, será que muda?

  1. Ficou bem agradável esse facelift europeu do ecosport. Se o modelo nacional recebe-se o facelift e atualizações de motores Sigma e Duratec como no irmão Focus ficaria interessante. O 1.6 de 135cv e o 2.0 de 178cv dariam vida a ele na briga com HRV, 2008, Renegade…

Deixe seu comentário: