Galão, cuidando do reserva

Formiguinha 138

 

Um detalhe que identifica um veículo fora de estrada é aquele galão de combustível, normalmente preso na parte traseira. Muito utilizado em veículos militares, ele foi inventado pelos alemães na década de 1930, com capacidade para levar até 20 litros. Foi copiado e difundido pelos norte-americanos na Segunda Guerra, que lhe deram o apelido de “Jerrycan”, uma referência aos alemães.

DUKW-and-crane-slapton-sands-1944

Feitos em aço e muito resistentes, tem como função básica levar combustível. Hoje em dia, com a grande quantidade de postos de reabastecimento existentes por toda a parte, dificilmente ele é utilizado, ficando mais como um objeto de adorno. Por isso mesmo, é preciso tomar alguns cuidados, pois, já que está lá, um dia pode ser necessário.

0jerrycans003

Ao escolher um é bom que seja de aço inoxidável ou alumínio, que não enferrujam, como aqueles feitos com chapa de ferro. Mesmo assim, é aconselhável fazer uma limpeza em sua parte interna pelo menos uma vez a cada dois meses. Desta forma, evita-se que o combustível colocado nele seja contaminado com impurezas que podem entrar e entupir o sistema de alimentação do motor, fazendo-o parar. Mesmo com a limpeza, ao reabastecer o carro com o galão, faça um “filtro” com um pedaço de pano limpo e entorne o combustível devagar. Com este procedimento, as eventuais impurezas sólidas ficarão retidas no pano.

 

Fotos: arquivo do Blog e reprodução da Internet.

Deixe seu comentário: