Audi A6, tapete voador

received_1054381767979315

Executivo ou esportivo? Bem, quando o assunto é o Audi A6 Sedan Ambition, esse limite se confunde um pouco. Aliás, foi uma decisão da Audi quando o projetou, oferecendo um carro para quem sente prazer ao dirigir, mas que também precisa de um para o dia a dia nos negócios e, claro, com motorista. Afinal, os quase 5 metros de comprimento não o deixam muito à vontade no conturbado trânsito urbano, quanto mais achar uma vaga para estacionar. O melhor mesmo é ir sentado no banco traseiro, no conforto que os 2,912 milímetros de distância entre-eixos permitem, dando andamento aos negócios do dia pelo celular e deixando o problema de parar com o motorista.

Por outro lado, os 333 cavalos que seu motor V6 de 3 litros com compressor, que o tornam uma fera capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 5,1 segundos e chegar aos 250 km/h de velocidade máxima (corte eletrônico), proporcionam muita adrenalina a quem curte dirigir, como se fosse um esportivo.

Essa versão do teste é a 3.0 TFSI Ambition, a topo de linha, com pacotes de equipamentos completos e onde o único opcional é a pintura metálica ou perolizada. Com uma nova grade cromada, faróis mais afilados e novo para-choque, o modelo 2016 continua com um belo equilíbrio entre linhas sóbrias e esportivas, características da marca.

Internamente, falar bem do acabamento, é praticamente como “chover no molhado”. Revestimento em couro, materiais agradáveis ao toque e arremates perfeitos, detalhes típicos da escola alemã de carros de luxo, fazem com que o ambiente seja dos mais agradáveis. Espaçoso e confortável, tem lugar de sobra para quatro pessoas. Dá para levar mais uma no meio do banco traseiro, mas vai mal acomodada por causa do túnel da transmissão, fim do console e do ressalto no centro do banco que abriga o apoio de braço. O porta-malas, com 530 litros de capacidade, é tamanho família.

DSC_1323 (1448 x 972)
DSC_1340 (1448 x 972)
Audi A6 –  (2) (1637 x 955)
Audi A6 –  (3) (1637 x 955)
Audi A6 –  (1) (1637 x 955)
DSC_1349 (1448 x 972)
DSC_1359 (1448 x 972)

Para maior conforto, o banco do motorista, os retrovisores externos e o volante têm regulagens elétricas com memória de posição. O ar-condicionado é de duas zonas e, claro, tem saídas para quem vai sentado atrás. O rádio MMI Plus, com uma tela escamoteável que surge na parte superior do painel ao ser dada a partida, além de conexão Bluetooth com celular, tem comandos de voz, sistema de navegação, televisão e comanda também o som com 14 alto-falantes, speaker central e subwoofer, num total de 472 watts de potência. Sem falar do MMI touch, que permite ao motorista escrever letras ou números na tela com o dedo para dar entrada a destinos ou números de telefone. O sistema pode ainda ser controlado no terminal ou no volante.

 

Como anda

Apesar dos 1.750 quilos, o torque de 44,9 kgfm do motor faz com que o A6 se desloque com facilidade. Na cidade, é preciso tomar um pouco de cuidado em lombadas por causa de sua baixa altura e os pneus, de perfil baixo, que calçam as rodas de 19 polegadas, acabam transferindo algumas vibrações para o interior no asfalto ruim, o que incomoda um pouco. Sensores dianteiros e traseiros (tem câmera de ré também) ajudam a preservar a carroceria em baixas velocidades, com sinais sonoros de distância e o alerta de pontos cegos a aproximação de veículos, caso o pisca-pisca seja ligado.

O motor é acoplado a um câmbio de dupla embreagem S-tronic, com 7 velocidades (que permite trocas manuais na alavanca seletora ou nas borboletas atrás do volante) e com tração integral quattro sob demanda. Todo o conjunto trabalha de forma muito suave. Praticamente não se percebem as trocas de marcha e o rodar é confortável e silencioso, como é de se esperar em um carro dessa categoria.

Isto é, desde que ele não seja “provocado”. Para o “piloto de fim de semana”, o A6 reserva o Audi Drive Select que permite alterar as configurações do motor, transmissão automática, direção e ar-condicionado, nos modos Efficiency, Comfort, Auto, Dynamic e Individual. No Efficiency, prevalece a economia de combustível, o start/stop fica ativo e conseguimos uma média de 7,8 km/l de gasolina no circuito metade cidade/metade estrada. Razoável para um carrão desse porte e categoria. No Comfort, tudo é voltado para o maior conforto possível; no Auto, pode-se dizer um pouco de tudo e, finalmente, no Dynamic, quando é possível liberar a fúria toda com parâmetros estabelecidos pela fábrica, ou no Individual, quando você os escolhe a seu gosto. E o A6 vira uma fera que muda até o ronco.

Audi A6 –  (16) (1415 x 939)
DSC_1376 (1448 x 972)
DSC_1403 (1448 x 972)
Audi A6 –  (11) (2144 x 1424)
Audi A6 –  (7) (1753 x 1240)
Audi A6 –  (24) (1754 x 1240)

Claro que isso tudo tem a complementação de uma suspensão independente nas quatro rodas que, aliada a largos pneus e à tração nas quatro rodas, faz com que o A6 tenha um comportamento exemplar nas curvas, tanto no seco quanto em pisos molhados. Controles eletrônicos de estabilidade e tração interferem com maior ou menor intensidade, conforme a escolha do modo de condução, mas também podem ser desativados e tudo fica por conta do braço do piloto. Tem, ainda, vetoreamento de torque, uma sub-função do controle de estabilidade, que melhora a dirigibilidade em curvas rápidas, freando ligeiramente a roda interna dianteira e auxiliando o carro a seguir a trajetória imposta pelo motorista. A direção, do tipo eletromecânica, tem assistência variável de acordo com a velocidade e, para parar, freios a disco nas quatro rodas, sendo do tipo ventilados na dianteira.

Mas, é na estrada que o A6 acaba se sentindo mais à vontade e onde pode por à disposição toda a parafernália eletrônica com que vem equipado. Para começar, tem head-up display que projeta no parabrisa as principais informações, como velocidade e indicação do GPS, para que o motorista não desvie a atenção da estrada. Tem, ainda, controle automático de velocidade de cruzeiro adaptativo, que, além de manter a velocidade mesmo em descidas, por meio de um radar, mantém a distância pré-estabelecida chegando até a parar caso o carro da frente o faça. E, se a noite chegar, além dos faróis em LED acenderem sozinhos, controlam o facho baixo e alto automaticamente de acordo com o tráfego que vem em sentido contrário. Para arrematar a segurança à noite, tem ainda sistema de visão noturna, que identifica à distância pessoas ou animais de porte que estão à frente, antes dos faróis.

Enfim, é como a própria Audi o classifica: “um sedã executivo, voltado a compradores que, mais do que o status proporcionado por esse tipo de veículo, objetivam o máximo conforto e prazer para quem dirige.” Claro, desde que você tenha R$ 361.990 para comprá-lo!

 

Preço (maio 2016)                           R$ 361.990

Pintura metálica (opcional)           R$     2.000

Pintura perolizada (opcional)       R$     2.400

 

Equipamentos de série e ficha técnica

 

Notas do Emilio para o Audi A6 Sedan Ambition

 

Fotos: Emilio Camanzi, Edy Fernandes e divulgação Audi

 

Para anunciar no Blog, entre em contato conosco através do e-mail carroscomcamanzi@carroscomcamanzi.com.br ou do formulário de contato do site e solicite nosso Mídia Kit.

Inscreva-se e receba nossa newsletter semanal

Seu nome:
E-mail:*
Digite os caracteres que você vê aqui:

 

Deixe seu comentário: