Toyota continua no ataque

Malagrine

Emilio Camanzi, de Atibaia, SP (*)

Em época de crise como a que estamos passando, ter novidades no mercado sempre ajuda a enfrentá-la. E a Toyota não está deixando por menos. Acaba de lançar mais três novos produtos, já como linha 2017 e praticamente ao mesmo tempo. Eles chegam nas concessionárias a partir de hoje. Começou com o Etios Platinum, nas versões hatch e sedã – agora, são as mais sofisticadas – e arrematou com a Hilux e SW4 equipadas com motor flex.

 

Hilux e SW4 flex

Eram as versões que faltavam para completar a linha 2017, da segunda geração da picape Hilux e do utilitário esportivo SW4. Sem modificações de estilo e acabamento, em relação às versões com motor diesel, a grande novidade delas é o câmbio automático de seis marchas, com possibilidade de trocas sequenciais, de série em todas as versões, e o motor 2.7 flex que recebeu aprimoramentos. Agora, é equipado com o sistema de duplo comando de válvulas variável VVT-i; não tem mais o tanque auxiliar para a partida a frio com etanol; tem novos balancins, retentores e molas de válvulas mais leves; e um novo formato das câmaras de combustão e da entrada de combustível. Um retrabalho para melhorar o consumo de combustível, um dos calcanhares de Aquiles nos motores flex em veículos desse tipo, e que, segundo a Toyota ficaram 7% mais econômicos.

Nessa equação de redução de consumo de combustível, entra o novo câmbio automático de 6 marchas, equipado com o modo ECO, que, além de trocas em rotações mais baixas, atua também na resposta do acelerador, tornando as acelerações e retomadas de velocidade mais suaves. Já no modo Power, as respostas são mais diretas, permitindo um desempenho mais animado. No test-drive, deu para perceber bem essas diferenças. Mas, em ambos os modos, sente-se a falta de um pouco mais de torque do motor, mesmo com a picape ou o SUV com apenas duas pessoas a bordo. Situação que deve piorar com eles carregados.

Com um bom trecho do test-drive em uma estrada de terra mal conservada, deu também para sentir a diferença de comportamento em relação ao conforto entre Hilux e SW4. Mecanicamente iguais no que se refere à motorização, transmissão e chassi, a diferença fica por conta da suspensão traseira, do tipo eixo rígido com molas semielípticas na picape, e eixo rígido com quatro pontos de fixação e molas helicoidais no SUV. Feita para levar carga, a Hilux quando está vazia pula bastante com a traseira no chão irregular, maltratando os ocupantes e prejudicando até a dirigibilidade. Já o SW4 tem um comportamento melhor, assemelhando-se ao de um automóvel. A picape Hilux flex tem três versões, todas com cabine dupla: SR e SRV com tração 4×2 e SRV com tração 4×4. O utilitário esportivo SW4 é oferecido apenas na versão de acabamento SR, com opção de 5 ou 7 lugares. Existe, ainda, uma terceira e única com câmbio manual de cinco marchas, mas voltada apenas às vendas diretas. Todas com tração 4×2.

 

Toyota Hilux Flex

img_0103
img_0083
img_6584
img_6658
img_6682
img_6604
img_0390
img_0423
img_6730
img_6712
img_6517

 

Toyota SW4 Flex

img_9976
img_9998
img_0013
img_0023
img_6337
img_6401
img_6348
img_6396
img_6441
img_6445
img_6449
img_6497
img_6432
img_6425
img_6506
img_6461
img_0502
img_0369
img_6517

 

Etios Platinum

As novas versões do compacto chegam para disputar um espaço no chamado segmento Premium, quatro meses após o lançamento da linha 2017 do modelo. Se o novo visual, desenvolvido pela engenharia brasileira, chama a atenção, o preço não fica atrás. É que o hatch custa R$ 62.490 e o sedã R$ 65.990, muito próximo ao de modelos de segmento superior. Para se ter uma ideia, juntando um pouco mais de 3 mil reais ao valor do sedã, já é possível comprar um Corolla GLi com câmbio CVT. Porém, isso não assusta o pessoal da fábrica. Segundo seus executivos, o cliente que vai procurar a versão Platinum, nem sempre precisa de mais espaço ou, simplesmente, não quer um carro maior. Mas, faz questão de ter um veículo menor mais sofisticado, como pretende a versão Platinum. E a expectativa da Toyota é vender em torno de 6 mil unidades anuais da nova versão, o que representa 10% da produção total do Etios.

Para atingir esse público, a Toyota também se preocupou dar às versões Platinum um visual diferenciado do restante da linha, fazendo as intervenções mais evidentes exatamente onde residem as maiores críticas, ou seja, na frente. Uma nova grade, para-choque e faróis deram um ar mais esportivo ao carro, que foi complementado com rodas em liga leve exclusivas, minissaias laterais, para-choque traseiro mais encorpado, lanternas escurecidas e um pequeno aerofólio sobre a tampa do porta-malas, na versão sedã (o hatch já tinha).

Incluindo os aprimoramentos que foram feitos na linha Etios este ano (melhor isolamento acústico, suspensão e direção elétrica recalibradas, e quadro de instrumentos digital TFT), ambas as versões são vendidas só com o motor 1.5 litro, de 102 cavalos com gasolina e 107 com etanol, e câmbio automático de apenas quatro marchas.

Internamente, o grande diferencial é o revestimento em couro combinado com material sintético, dando um requinte maior. A central multimídia por sua vez tem mais funções do que a das demais versões, como TV digital, DVD e câmera de ré. Em segurança, o Etios Platinum não inova. Além dos apoios de cabeça e cintos de segurança de três pontos para todos os ocupantes, e sistema Isofix para prender cadeirinhas infantis, vem apenas com os obrigatórios airbags dianteiros e sistema ABS nos freios. Era de se esperar que, pelo menos nesta versão topo de linha, tanto do hatch como do sedã, fossem colocados os importantes controles eletrônicos de tração e estabilidade.

img_9903_2
img_9855_2
img_9846_2
img_9877_2
img_9839_2
img_6778_2
img_6797_2
img_6915_2
img_6842_2
img_6934_2
img_6865_2
Malagrine
img_6981_2
img_6995_2
img_9841_2
img_9863_2
img_7011_2
img_7041_2 (1)
img_7061_2

 

Preços:

 

Etios Platinum 2017

Hatch                                   R$ 62.490
Sedã                                     R$ 65.990

 

Hilux Flex 2017

SR 4×2                                R$ 111.700
SRV 4×2                              R$ 120.800
SRV 4×4                              R$ 131.200

 

SW4 Flex 2017

SR 5 lugares                       R$ 159.600
SR 7 lugares                       R$ 164.900

 

Toyota Etios Platinum

lista-de-equipamentos-etios2017

ficha-tecnica-etios2017

 

Toyota Hilux Flex

lista-de-equipamentos-hilux-2017

ficha técnica Hilux Flex 2017

 

Toyota SW4 Flex

lista-de-equipamentos-sw4-flex

ficha-tecnica-sw4-flex

 

(*) O jornalista viajou a convite da Toyota

Fotos: divulgação Toyota

Um comentário em “Toyota continua no ataque

Deixe seu comentário: