Tiguan Allspace vai dar as caras em Detroit

Não deu para segurar. Fotos dos protótipos praticamente sem camuflagem e ilustrações do novo modelo surgiram na internet e o jeito foi entregar parte do que era esperado. A Volkswagen vai apresentar no Salão de Detroit, nos Estados Unidos, que acontece entre os dias 8 e 22 de janeiro do ano que vem, o Allspace, uma versão mais longa e com sete lugares do conhecido utilitário esportivo Tiguan.

O novo modelo, que tem basicamente as mesmas linhas da segunda geração do Tiguan (modelo 2017), só será lançado no segundo semestre do ano que vem, com vendas previstas, inicialmente, para os mercados norte-americano, chinês e europeu, já como modelo 2018. Segundo a Volkswagen, o nome Tiguan Allspace será usado nos modelos vendidos na Europa, enquanto que as versões para a América do Norte e China serão chamadas somente de Tiguan. Deverá vir também para o Brasil, muito provavelmente com o mesmo nome que será vendido na Europa, como acontece com os produtos que a Volkswagen importa atualmente. No caso, a motorização mais provável, seria a 2.0 turbo, com 220 cv e torque de 35,7 kgfm, igual ao do Passat, que já é conhecida por aqui, o que facilitaria a manutenção. É possível que venha também com câmbio automático de seis marchas e tração integral, como a versão “curta” que já conhecemos.

2017-volkswagen-tiguan-seven-seat-model-for-china (1) (1439 x 810)
DB2016AU01064_large (2034 x 1008)
DB2016AU01065_large (2034 x 916)
2017-volkswagen-tiguan-seven-seat-model-for-china (1440 x 810)
2017-volkswagen-tiguan-seven-seat-model-for-china (3) (1440 x 810)
2017-volkswagen-tiguan-seven-seat-model-for-china (4) (1440 x 810)
ACCEPTANCE_DRIVE
ACCEPTANCE_DRIVE

Com uma distância entre-eixos 11 centímetros maior (2,715 m) e 21 centímetros a mais no comprimento (4,637 m), o Allspace, além de levar sete pessoas, terá também mais espaço para quem senta na segunda fileira de bancos. Os dois bancos adicionais são escamoteáveis, para poder aumentar o volume do bagageiro, e as portas traseiras maiores, para facilitar o acesso à terceira fileira. Feito sobre a nova plataforma global, chamada de MQB da Volkswagen, deverá concorrer com os modelos japoneses e coreanos do segmento. Ainda não foram revelados os dados técnicos. O mais provável é que, além de motor turbo, terá uma versão híbrida plug-in, como sugere o conceito GTC Active do Tiguan, e versões com motor diesel.

 

Ilustrações: divulgação Volkswagen e Internet

Fotos: Internet

 

Para anunciar no site, entre em contato conosco através do e-mail carroscomcamanzi@carroscomcamanzi.com.br e solicite nosso Mídia Kit.

 

 

 

Deixe seu comentário: