Mustang 2018, é esse que vem

Demorou mas o Mustang vem mesmo para o Brasil. A notícia não é nova, pois a Ford fez o anúncio oficial de sua importação – prevista para o início de 2018 – no último Salão do Automóvel de São Paulo, no ano passado. A novidade é que o modelo que chegará para brigar também em terras tupiniquins com o seu arquirrival Camaro, é o da linha 2018, que a montadora norte-americana acabou de apresentar.

Nada de grandes mudanças, apenas uma re-estilização da versão atual que foi lançada em 2015, mas que o deixou sem aquele “ar de Fusion” que teimava em mostrar, além de retoques na carroceria para melhorar a aerodinâmica. A frente está mais baixa, os novos faróis são mais afilados e totalmente em LED, a grade ficou mais estreita e o para-choque foi redesenhado, dando um aspecto mais agressivo ao carro. Na traseira, as novidades são as lanternas triplas mais vincadas, mais parecidas com as dos modelos da década de 1960, o novo para-choque e o aerofólio.

New-Ford-Mustang-V8-GT-with-Performace-Pack-in-Orange-Fury-2 (2333 x 1395) (1749 x 1046)
New-Ford-Mustang-V8-GT-with-Performace-Pack-in-Orange-Fury-3
New-Ford-Mustang-V8-GT-with-Performace-Pack-in-Orange-Fury-7 (2858 x 1072)
New-Ford-Mustang-V8-GT-with-Performace-Pack-in-Magnetic-1 (1073 x 820)
New-Ford-Mustang-V8-GT-with-Performace-Pack-in-Ingot-Silver (2799 x 1448)
2018-Mustang-design-sketch-02 (3015 x 1500)
New-Ford-Mustang-V8-GT-with-Performace-Pack-in-Magnetic-2 (1485 x 990)
New-Ford-Mustang-V8-GT-with-Performace-Pack-in-Kona-Blue-1 (2250 x 1265)

Internamente, também houve uma boa mudança no que diz respeito ao desenho do interior e melhor qualidade dos materiais. Mas, a principal delas e moda atual, é o novo quadro de instrumentos digital totalmente configurável em uma tela de 12 polegadas. Em tecnologia, o novo Mustang virá com sistemas de alerta de colisão e detector de pedestres, além do sistema Sync que permite interação com smartphones.

New-Ford-Mustang-Interior 1 (1980 x 1320)
2018 Ford Mustang digital instrument cluster
2018 Ford Mustang digital instrument cluster
2018 Ford Mustang digital instrument cluster
2018 Ford Mustang digital instrument cluster
New-Ford-Mustang-Interior-2 (1965 x 1320)

Na mecânica também houve boas mudanças. O motor V8 de 5 litros, por exemplo, ganhou injeção direta e maior taxa de compressão, enquanto que o 2.3 EcoBoost, agora tem mais pressão no turbo e, consequentemente, mais torque e potência. Porém, os números só serão divulgados no lançamento oficial. Outra boa novidade é o câmbio automático com 10 marchas. As suspensões foram recalibradas em função do aumento de potência dos motores e desempenho. A Ford também disponibilizará, como opcional, amortecedores ativos MagneRide que se adaptam ao modo de condução programado pelo motorista: normal, esporte e pista. E, para quem quiser, terá também uma válvula ativa no escapamento para aumentar ou diminuir o ronco do motor.

Claro que o Mustang ainda não tem preço definido para o Brasil, mas é de se esperar que seja em torno do que a Chevrolet anuncia para o modelo 2017 do Camaro: 305 mil reais para o cupê e 338 para o conversível.

 

 

Fotos: divulgação Ford

 

 

Para anunciar no site, entre em contato conosco através do e-mail carroscomcamanzi@carroscomcamanzi.com.br e solicite nosso Mídia Kit.

Deixe seu comentário: