DICA SEGURA – Subidas e Descidas

Tem gente que amolece só de ver uma “subidona”. O primeiro passo é não se apavorar!

É comum o motorista subir de segunda e, no meio do caminho, ter que colocar a primeira, porque o carro vai pedir. Até aqui, tudo bem. Mas, se o piso estiver molhado, ou pior, se for de paralelepípedos e estiver molhado, o automóvel poderá patinar e não conseguir subir o restante. E, ainda, correrá o risco de provocar um acidente.

A dica é engatar a marcha de força no pé do morro e manter a velocidade constante para evitar a redução.

Se o aclive acentuado for na estrada e você precisar ultrapassar outro veículo, o primeiro passo é sentir se o carro possui reserva de potência para a “hora H”, principalmente se estiver carregado. O macete é reduzir a marcha antes da ultrapassagem para garantir essa reserva de potência.

Nos declives acentuados e longos, nas rodovias ou na cidade, o procedimento é o mesmo. Use marcha reduzida e vá com calma, só segurando, sem freadas bruscas, mesmo que seu carro tenha sistema ABS. Lembre-se que toda lei da Física tem o seu limite. Além de garantir mais segurança com esse procedimento, você vai poupar todo o sistema de freio!

Deixe seu comentário: