Como segurar o volante

dsc_1020-1452-x-972

Tem motoristas que seguram e viram o volante com as duas mãos juntas; ou uma por dentro e outra por fora; só com uma; as duas na parte inferior; as duas juntas na parte superior; por dentro; e por aí vai. A imaginação para isso é muito grande.

E você, como segura o volante? De qualquer jeito? Com apenas uma mão? Apesar de muita gente achar que isso é irrelevante, segurá-lo da forma correta faz muita diferença para fazer curvas com facilidade e, principalmente, dirigir com segurança. Sem falar que é obrigatório por lei manter as duas mãos ao volante, podendo tirar uma apenas nos momentos das trocas de marcha, ajustar o retrovisor ou para sinalizar. Dirigir com uma mão só é infração média, com 4 pontos na carteira de habilitação e multa de R$ 130,16.

Para aqueles que seguram o volante por dentro, é bom saber que isso pode ser perigoso. Por estar próximo demais do volante, o motorista pode sentir cores no ombro, cotovelo e lombalgia e, em caso de acidente, pode ser fortemente atingido pelo airbag, causando ferimentos nos braços, nas mãos e no rosto pelo enchimento da bolsa, que é muito rápido. Por outro lado, segura-lo muito longe também não é bom, já que com os braços esticados, além de cansar mais rapidamente, o condutor pode também vir a sentir dores nos ombros, cotovelos e lombalgia. Além disso, nessa posição o motorista fica com os movimentos limitados, prejudicando as manobras ao volante.

O correto, é ter as duas mãos separadas, uma em cada lado do aro do volante, como se estivessem na posição quinze para as três ou nove e quinze no mostrador de um relógio, e com os braços ligeiramente arqueados. É a posição correta, onde você faz menos força; usa as duas mãos sem um braço esbarrar no outro; endireita o volante com mais precisão; e é a posição que você domina melhor o carro em uma manobra rápida como, por exemplo, desviar de um buraco e voltar para a trajetória original. Exatamente como fazem os pilotos de competição em seus carros de corrida.

Para evitar que o motorista tire as mãos do volante, os fabricantes estão colocando cada vez mais funções neste componente. Nos modelos mais sofisticados, já existem até aletas para trocas de marchas, além de controles de som, controle automático de velocidade e computador de bordo, entre outros. E, para acessa-los de forma mais fácil, que é com os polegares direito e esquerdo, o motorista deve manter as mãos ao volante na posição “quinze para as três”.

Não espere acontecer um acidente ou um problema grave de saúde, principalmente na coluna, para descobrir que sua postura ao volante não é segura e muito menos saudável.

 

Fotos: Carros com Camanzi

Deixe seu comentário: