Velhinhos que dão no couro

Tem muito off-roader saudosista que curte fazer trilha com um jipe autêntico. Nada mais emocionante, afinal os Willys, Ford, Rural e F75, se bem conservados e preparados, ainda encaram um fora de estrada com muita valentia, deixando muito 4×4 moderno para trás.

Mas, alguns cuidados de manutenção devem ser tomados com esses carros mais antigos, como por exemplo, a lubrificação dos pinos de direção, das articulações da suspensão e das cruzetas dos eixos cardas, procedimentos inexistentes nos automóveis modernos e, por isso mesmo, fáceis de serem esquecidos. O serviço pode ser feito em um desses pontos de trocas de óleo, a cada 2 ou 3 mil quilômetros, no máximo. Deve ser feito, também, após atravessar longos trechos com água, que pode penetrar e retirar a graxa.

Como são pontos submetidos a grandes esforços nas trilhas, lembre-se que, com uma boa lubrificação, as chances de surgirem problemas na suspensão, nos pinos de direção ou nas cruzetas, diminuem bastante. Isso sem falar no aumento de sua durabilidade.

Foto: arquivo do Blog

Deixe seu comentário: