McLaren 720S, um inglês de respeito

O Salão de Genebra é o primeiro do ano na Europa e, por ser na Suíça, terra do dinheiro, é também o que chama a maior atenção dos que possuem polpudas contas nos bancos. Por isso, é o que expõe a maior variedade de superesportivos, carros transformados e exclusivos, tudo para agradar xeiques e marajás que circulam por lá durante os 10 dias da mostra. Portanto, não poderia ter oportunidade melhor para a inglesa McLaren apresentar sua nova obra de arte, o McLaren 720S, a segunda geração dos que ela chama de Super Series, feito para deixar Ferraris e Lamborghinis comendo poeira.

Para isso o 720S, além das linhas ousadas e aerodinâmicas, desenvolvidas com a mesma tecnologia que ela faz seus carros de Fórmula 1 e que não deixam de transparecer o DNA da marca, tem chassi feito em fibra de carbono, o que permitiu um peso total de 1.283 kg. Sem se esquecer do espaço interno para os dois ocupantes, que aumentou, além de ter um acabamento digno de um lorde inglês, com revestimento em couro e Alcântara e acabamentos em fibra de carbono e alumínio.

mclaren-720s-21-action (1980 x 1320)
mclaren-720s-23-studio (2777 x 1845)
mclaren-720s-24-studio (2721 x 1808)
mclaren-720s-26-interior (2172 x 1448)
mclaren-720s-29-interior (2110 x 1407)
mclaren-720s-30-interior (2110 x 1407)
mclaren-720s-31-interior (1448 x 2172)
mclaren-720s-32-interior (2172 x 1448)
mclaren-720s-velocity-by-mso-01 (1) (2172 x 1448)
mclaren-720s-velocity-by-mso-04 (2146 x 1448)

Para “alegrar” o motorista/piloto, que conta com um quadro de instrumentos digital completamente configurável e que pode ser escamoteado para uma versão simplificada, como em um F1, tem ainda o sistema Proactive Chassis Control II. Em uma tela sensível ao toque, ele permite ajustar toda a dinâmica do automóvel a gosto do freguês, como a possiblidade de fazer um drift controlado eletronicamente com toda a segurança, até o desligamento de todos os sistemas, para os que querem mais adrenalina testando suas habilidades nos tracks days.

O novo motor Twin-Turbocharger V8 de 4,0 litros, é baseado no anterior de 3,8, mas com 41% das peças diferentes. Entrega 719 cavalos, 78,5 kgfm de torque e câmbio automático de 7 marchas. O resultado disso é um desempenho pra lá de empolgante: 0 a 100 km/h em 2,9 segundos; 0 a 200 km/h em 7,8 segundos; e uma velocidade máxima de 341 km/h. E não se preocupe com os freios. Eles fazem com que a 200 km/h o 720S pare totalmente em apenas 4,6 segundos e num espaço de 117 metros!  Até o consumo empolga: em um circuito misto cidade/estrada, consegue fazer 10,7 km/l.

A McLaren já está aceitando as encomendas do 720S, que deverá começar a ser entregue a partir de maio. No Reino Unido vai custar a partir de £ 208,600, algo em torno de R$ 800 mil. E aí, anima?

mclaren-720s-15-studio (3000 x 2250)
mclaren-720s-03-studio (2182 x 1637)
mclaren-720s-04-studio (2478 x 1647)
mclaren-720s-07-studio (2478 x 1647)
mclaren-720s-08-studio (2478 x 1647)
mclaren-720s-06-studio (2478 x 1647)
mclaren-720s-02-studio (3300 x 2145)
mclaren-720s-05-studio (2478 x 1647)
mclaren-720s-09-studio (2478 x 1647)
mclaren-720s-12-studio (2182 x 1637)
mclaren-720s-11-studio (1647 x 2439)
mclaren-720s-14-studio (2182 x 1639)

 

Fotos: divulgação McLaren

 

Para anunciar no site, entre em contato conosco através do e-mail carroscomcamanzi@carroscomcamanzi.com.br e solicite nosso Mídia Kit.

Inscreva-se e receba nossa newsletter semanal

Seu nome:
E-mail:*
Digite os caracteres que você vê aqui:

Deixe seu comentário: