Lexus RX 350, um SUV para poucos

Lexus RX350_1 (1169 x 779)

A Lexus, marca de prestígio da Toyota, lançou no Brasil a quarta geração de seu SUV premium, em duas versões: RX 350 e RX 350 F-Sport. Com uma frente identificada por uma enorme grade (que faz parecer que não tem para-choque) e um perfil afilado, essa quarta e completamente nova geração tem nas linhas agressivas, o seu maior destaque.

Um recurso interessante, já usado no antigo Agile da Chevrolet, são as colunas traseiras pintadas em preto, dando a sensação de que o teto está flutuando. Além disso, em relação ao modelo anterior, tem 12 centímetros a mais de comprimento (4,85 m) e 5 (2,79 m) na distância entre-eixos, o que permitiu melhorar o espaço interno.

O requinte e tecnologia também são marcas que identificam os modelos da Lexus. Para começar, todo o conjunto óptico (faróis, lanternas traseiras, luzes de neblina e de condução diurna) são em LED e se acendem assim que identificam a aproximação do condutor. Outro detalhe interessante é a pintura especial resistente a arranhões, com a utilização de um polímero macromolecular que dá uma elasticidade maior à tinta.

O interior também recebeu uma completa reformulação. Segundo a Toyota, feito com o conceito “Omotenashi”, palavra que em japonês significa hospitalidade. Tem lugar para cinco adultos e o assoalho na parte traseira foi rebaixado, quando comparado ao modelo anterior, o que melhorou o conforto de quem vai sentado atrás. Além disso, o porta-malas também cresceu em 61 litros na capacidade, passando para 521. Para um maior conforto, a tampa do porta-malas tem acionamento elétrico, para abrir e fechar.

O Lexus RX 350 é equipado com um sistema multimídia com tela de cristal líquido com 12,3 polegadas, que reúne várias funções, como GPS, TV digital, telefonia, e sistema de som com 12 alto-falantes e subwoofer, tudo comandado por uma espécie de mouse no console central. São equipamentos de série: ar-condicionado digital; bancos dianteiros com ventilação, aquecimento e regulagens elétricas; destravamento das quatro portas por aproximação; controles de tração e estabilidade; assistente de partida em rampa; 10 airbags; além de câmera de ré, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros e sistema Isofix para fixação de cadeirinhas de crianças.

lexusRX350_5 (1771 x 1181)
lexusRX350_6 (1771 x 1181)
lexusRX350_9 (1771 x 1181)
lexusRX350_13 (1771 x 1181)
lexusRX350_19 ( SLIDER )
lexusRX350_23 (1771 x 1181)
lexusRX350_37 (1771 x 1181)

Na versão F-Sport o acabamento externo é diferenciado por uma aparência mais esportiva, como grade em formato de colmeia, retrovisores em preto, spoiler na parte inferior do para-choque e rodas, também de aro 20 polegadas, mas com design diferenciado. Internamente, as diferenças ficam por conta do painel digital (analógico no RX 350), pedais em alumínio, aletas para trocas sequenciais atrás do volante esportivo de três raios, teto solar panorâmico retrátil e carregador de celular sem fio. Essa versão é equipada, também, com head up display, que projeta no para-brisa, em frente ao motorista, as principais informações, como velocidade e indicações de condução econômica.

Quanto à motorização, apesar de uma versão ser identificada com F-Sport, ela é igual para as duas. O motor é um V6 de 3,5 litros de cilindrada, com injeção direta de gasolina que entrega 305 cavalos de potência e 38,0 kgfm de torque, suficientes para garantir um bom desempenho, porém sem ser dos mais econômicos. Segundo a fábrica, faz, em um circuito cidade/estrada, médias de 8,5 km/l. O câmbio é automático de 8 marchas, com possibilidade de trocas sequenciais, e a tração é nas quatro rodas do tipo sob demanda. Ou seja, normalmente a tração é feita pelas rodas dianteiras; mas, assim que o sistema percebe que uma das rodas está patinando, transfere imediatamente o torque também às rodas traseiras. Toda essa operação pode ser visualizada na tela central do sistema multimídia.

Para complementar, ambas as versões tiveram a suspensão (independente nas quatro rodas) recalibrada em relação ao modelo anterior, ficando mais firme para garantir melhores respostas ao volante, e contam com um sistema chamado de AVS Adaptative Variable Suspension, ou suspensão variável ativa, que ajusta eletronicamente a ação dos amortecedores de acordo com o piso em que está trafegando. O motorista tem também à disposição o Drive Mode Select, sistema que permite selecionar o modo de condução em quatro níveis diferentes: Eco, para maior economia, Normal, Sport S e Sport S+. O sistema atua na resposta do motor, troca de marchas e no nível de amortecimento da suspensão. Direção com assistência elétrica, banco rebaixado em 19 milímetros e regulagem elétrica da coluna do volante, melhoraram a posição de dirigir.

Ao preço de R$ 337.350 para a versão RX 350 e de R$ 352.950 para a F-Sport, a Lexus espera vender 150 unidades por ano, todas importadas do Japão. As duas versões já estão disponíveis nas concessionárias da marca.

 

Fotos: divulgação Lexus

Deixe seu comentário: