Captur, chegou o novo SUV da Renault

Emilio Camanzi, de São Paulo, SP (*)

Se você é fã de SUVs e está em dúvida de qual comprar devido à grande oferta de marcas e versões que temos no mercado, agora a situação complicou um pouco mais. É que o novo Renault Captur vem para disputar um espaço na faixa mais concorrida do segmento, com rivais como Hyundai Creta, Ford EcoSport, Honda HR-V, Nissan Kicks, Jeep Renegade e Chevrolet Tracker, por exemplo.  Ele já está em todas as concessionarias para test-drive, com início também da chamada pré-venda, desde ontem. As primeiras unidades deverão chegar nas revendas nas regiões Sul e Sudeste a partir da semana que vem e até o dia 10 de março em toda a rede da marca.

São duas as versões disponíveis: a Zen, com motor 1.6 e câmbio manual de 5 marchas, por R$ 78.900, e a Intense, com motor 2.0 e o antiquado câmbio automático de 4 marchas, por R$ 88.490. Até meados deste ano estará disponível uma terceira versão com motor 1.6 e câmbio automático do tipo CVT, de variação contínua.

Apresentado no Salão do Automóvel o ano passado, o Captur brasileiro é baseado na versão que já é feita na Rússia. Porém, no design, segue a nova identidade visual da marca, um trabalho feito em parceria entre a Technocentre da Renault, na França, e o Renault Design América Latina (RDAL), localizado em São Paulo. E muitas das novidades de estilo, como a frente, serão inseridas no Captur francês que vai ser apresentado ainda este ano no Salão de Genebra. Apesar de ser baseado na plataforma do Duster, o novo Captur é um projeto mundial que foi liderado pela Renault Tecnologia Américas, em São José dos Pinhais, Curitiba. Esse novo modelo será fabricado também na Rússia, substituindo o atual, e na Índia, além de ser exportado para oito países da América Latina pela fábrica brasileira.

Para disputar um lugar de destaque no segmento dos SUVs compactos, além das linhas ousadas e com uma identidade marcante que agradam, traz alguns predicados que o tornam bem interessante perante a concorrência. O modelo tem a maior altura do solo (21,2 cm), comprimento (4,33 m) e entre-eixos (2,67 m) de sua categoria, oferecendo um bom espaço interno e um bom porta-malas com 437 litros de capacidade. Além disso, todas as versões já vêm de série com vários equipamentos desde a versão Zen de entrada, que são muito valorizados pelos consumidores.

 

As versões

Captur Zen 1.6 SCe manual (R$ 78.900): quatro airbags (dianteiros e laterais), controle eletrônico de estabilidade (ESP), controle eletrônico de tração (ASR), assistente de partida em rampas (HSA), freios com ABS, ISOFIX, direção eletro-hidráulica, volante com regulagem da altura, ar-condicionado, rodas aro 17 polegadas de liga leve, vidros elétricos, alarme perimétrico, chave-cartão hands free, comando de áudio e celular na coluna de direção (comando satélite), assento do condutor com regulagem de altura, sistema CAR (travamento automático das portas a 6 km/h), sensores de estacionamento traseiro; luzes diurnas em LED, retrovisores rebatíveis, controlador automático de velocidade e limitador de velocidade.

Opcionais: Media Nav + Câmera de Ré (R$ 1.990); pintura em duas cores (R$ 1.400).

Renault CAPTUR 2017. Foto: Rodolfo Buhrer / La Imagem / Renault
renault-captur-1,6-sce–8-
renault-captur-1,6-sce–4-
Renault CAPTUR 2017. Foto: Rodolfo Buhrer / La Imagem / Renault
renault-captur-1,6-sce–6-
renault-captur-1,6-sce–7-

 

Captur Intense 2.0 automático (R$ 88,490): adiciona rodas aro 17 polegadas de liga leve diamantadas, apoio de braço, Media Nav 7” touchscreen, câmera de ré, ar-condicionado automático, sensor de chuva, farol de neblina com função Cornering Light, sensor crepuscular.

Opcionais: bancos em couro (R$ 1.500); pintura em duas cores (R$ 1.400)

Renault CAPTUR 2017. Foto: Rodolfo Buhrer / La Imagem / Renault
Renault CAPTUR 2017. Foto: Rodolfo Buhrer / La Imagem / Renault
Renault CAPTUR 2017. Foto: Rodolfo Buhrer / La Imagem / Renault
Renault CAPTUR 2017. Foto: Rodolfo Buhrer / La Imagem / Renault
Renault CAPTUR 2017. Foto: Rodolfo Buhrer / La Imagem / Renault
renault-captur-2,0–5-
Renault CAPTUR 2017. Foto: Rodolfo Buhrer / La Imagem / Renault
Renault CAPTUR 2017. Foto: Rodolfo Buhrer / La Imagem / Renault
Renault CAPTUR 2017. Foto: Rodolfo Buhrer / La Imagem / Renault
Renault CAPTUR 2017. Foto: Rodolfo Buhrer / La Imagem / Renault

A garantia é de 3 anos ou 100 mil quilômetros, o que ocorrer primeiro. Para quem financiar o veículo por meio do banco da montadora, a garantia passa a ser de 5 anos.

 

(*) O jornalista viajou a convite da Renault

Fotos: divulgação Renault

 

 

Ficha Técnica Captur
Zen
1.6 SCe Manual
Intense
2.0 16V AT
Arquitetura Carroceria monobloco, monovolume, 5 passageiros, 4 portas
Motor Quatro tempos, bicombustível (etanol e/ou gasolina), quatro cilindros em linha, 16 válvulas e refrigeração por circuito de água sob pressão
Potência máxima (ABNT) 118 cv (gasolina) @ 5.500 rpm / 120 cv (etanol) @ 5.500 rpm 143 cv (gasolina) @ 5.750 rpm /
148 cv (etanol) @ 5.750 rpm
Torque máximo (ABNT) 16,2 kgfm @ 4.000 (gasolina) / 16,2 kgfmf @ 4.000 (etanol) 20,2 kgfm @ 4.000 (gasolina) /
20,9 kgfm @ 4.000 (etanol)
Cilindrada 1.597 cm³ 1.998 cm³
Pneus/rodas Roda Alumínio / Pneu 215/60 R17
Suspensão dianteira Tipo MacPherson, triângulos inferiores, amortecedores hidráulicos telescópicos e molas helicoidais
Suspensão traseira Suspensão traseira semi-independente com barra estabilizadora, molas helicoidais e amortecedores hidráulicos telescópicos verticais
Freios Dois circuitos em “X”, de acionamento hidráulico, com discos ventilados de 269 mm de diâmetro na dianteira e freios traseiros com tambores de 229 mm de diâmetro Dois circuitos em “X”, de acionamento hidráulico, com discos ventilados de 280 mm de diâmetro na dianteira e freios traseiros com tambores de 229 mm de diâmetro
Direção Eletro-hidráulica, com diâmetro giro de 10,7 m
Câmbio Manual 5 velocidades Automático 4 velocidades
Relações de marcha 1º……… 3,727:1 1º……… 3,511:1
2º……… 2,048:1 2º……… 1,932:1
3º……….1,321:1 3º……….1,288:1
4º……….0,935:1 4º……….0,916:1
5º……….0,756:1
Porta-malas 437 litros
Carga útil 449 kg
Peso (em ordem de marcha) 1.273 kg 1.352 kg
Entre-eixos 2.673 mm
Comprimento 4.329 mm
Altura 1.619 mm
Largura (sem retrovisores) 1.813 mm
Altura do solo 212 mm
Tanque de combustível 50 litros
Aceleração 0 a 100 km/h 13,3s (gasolina)/ 11,9s (etanol) 12,0s (gasolina)/ 11,1s (etanol)
Velocidade máxima 168 km/h (gasolina)/ 169 km/h (etanol) 174 km/h (gasolina)/ 179 km/h (etanol)
Consumo urbano 7,6 km/l (etanol); 10,9 km/l (gasolina) 6,2 km/l (etanol); 8,8 km/l (gasolina)
Consumo rodoviário 8,0 km/l (etanol); 11,3 km/l (gasolina) 7,3 km/l (etanol); 10,8 km/l (gasolina)

 

Para anunciar no site, entre em contato conosco através do e-mail carroscomcamanzi@carroscomcamanzi.com.br e solicite nosso Mídia Kit.

Inscreva-se e receba nossa newsletter semanal

Seu nome:
E-mail:*
Digite os caracteres que você vê aqui:

 

6 comentários em “Captur, chegou o novo SUV da Renault

    1. Caro Otoni
      O uso da plataforma do Duster foi pensada em função de uma melhor adequação do carro às nossas ruas e estradas.

  1. Acho que será um tiro no pé a Renault oferecer um carro interessante num mercado super competitivo mas com câmbio automático de 4 marchas. Cometem o mesmo erro da Peugeot e com esse câmbio o captur está fora do meus planos.

    1. Caro Geraldo
      para quem não quer o câmbio automático, existe a versão com motor 1.6 e câmbio manual de 5 marchas. Além disso está previsto para junho uma versão 1.6 com o câmbio automático tipo CVT.

    1. Caro Rafael
      Os motores, tanto o 1.6 como o 2.0, foram reprojetados há pouco tempo e, além de mais potência, estão mais economicos para atender às novas normas do Inovar Auto..

Deixe seu comentário: