Eternas peruas

Por Marcelo Iglesias

 

O anúncio do Jaguar XF Sportbrake é mais uma comprovação de que a Europa é um santuário para a “preservação da espécie”. Em muitos mercados, as peruas, assim como as minivans, sucumbiram ao avanço dos utilitários-esportivos (SUV). No Brasil, elas praticamente foram extintas, salvo alguns modelos importados por marcas como BMW, Mercedes-Benz, Audi, VW e Volvo.

A única perua fabricada ainda é a Fiat Weekend, modelo lançado em 1997 e que sustenta a mesma carroceria até hoje. Mesmo assim, a veterana italiana está com seus dias contados. Desde o ano passado, sua morte tem sido anunciada na imprensa especializada.

Até ontem, ela ainda figurava no site da marca, mas sua média de emplacamento em 300 unidades mensais, segundo a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), é uma mostra de que a peruinha se manterá viva até a reformulação da picape Strada, com quem divide a linha de montagem e boa parte dos componentes e peças de estamparia.

Outra peruinha que agoniza no mercado brasileiro é a SpaceFox, da Volkswagen. O modelo importado da Argentina praticamente sumiu do mercado. De janeiro a maio foram licenciadas menos de 200 unidades. Uma das razões pela falta interesse pelo modelo é seu preço elevado. Ela parte de R$ 68 mil e pode chegar a R$ 95.500, dependendo da versão e opcionais inclusos.

Ou seja, ela orbita numa faixa de preços onde estão os jipinhos mais vendidos do mercado, como Honda HR-V, Jeep Renegade e Hyundai Creta. E não é preciso dizer que os SUV`s tem um apelo comercial muito mais forte do que as peruinhas veteranas.

O gato

Voltando ao Jaguar XF Sportbrake, a perua segue o mesmo padrão conteúdos e conjunto mecânico do sedã XF, que lhe empresta a base. Ao todo, são seis opções de  motores: duas a gasolina (2.0 de 250 cv e V6 3.0 de 380 cv) e quatro a diesel (2.0 de 163, 180 e 240 cv, além de um V6 3.O de 300 cv). Todos são turbo, combinados com transmissão automática de oito marchas e tração integral. Ou seja, em qualquer versão, o que não falta é força e esportividade.

Por dentro, ela oferece conforto e comodidade esperado de qualquer Jaguar, com direito a uso de materiais nobres, com destaque para o sistema de entretenimento com monitor de 10 polegadas e áudio de alta fidelidade fornecido pela britânica Meridian. É bem provável que o modelo estreie no Brasil para fazer frente a modelos como Volvo V60 e Audi A6 Avant.

Mas, seja como for, na Europa as peruas ainda terão vida longa e o novo Jaguar chega para somar a modelos recém apresentados como Porsche Panamera Sport Turismo, Hyundai i30 Tourer e até mesmo a franciscana Dacia Logan MCV Stepway. Vida longa e próspera às penosas de aço!

 

Fotos: divulgação Jaguar, Fiat e Volkswagen

Deixe seu comentário: